4 inspirações para valorizar a sala de jantar

Você dedicou tempo e energia. Finalmente encontrou um imóvel adequado para atender às suas necessidades. A próxima etapa é deixá-lo com a sua cara, colocando móveis e objetos de decoração.

Tapetes, luminárias, espelhos e bibelôs são alguns exemplos de objetos essenciais para esse processo. Muitas dicas são importantes na hora de escolher o que vai integrar o seu ambiente doméstico.

É essencial escolher bem as cores para transmitir a sensação mais adequada para cada ambiente da casa, assim como objetos decorativos que confiram uma sensação de amplitude e bem-estar. Se você está montando ou reformando a sua sala de jantar, confira essas dicas.

Conexão

A sala de jantar é, assim como a cozinha, um cômodo bastante coletivo de um lar. Nesses lugares as pessoas se encontram, interagem e compartilham tempo realizando atividades prazerosas, como cozinhar, fazer uma refeição e beber alguns drinks.

Os móveis da sala de jantar são fundamentais para promover essa conexão: mesas, cadeiras e sofás são alguns exemplos disso. O primeiro passo para valorizar esse cômodo da casa é investir em uma mobília confortável, que possa agregar as pessoas com conforto e dar conta de alojar possíveis utensílios.

Para manter a durabilidade dos móveis, confira as recomendações de uso e cuidado dos fabricantes. É fundamental selecionar o tecido dos revestimentos de algumas peças, já que alguns sujam mais facilmente. Outros, por sua vez, retêm mais calor ou não são recomendados para alérgicos e portadores de animais domésticos.

Tecidos e materiais

O chenille (tecido composto por fios de lã, seda e algodão) é um material resistente, durável e confortável, com padrão quadriculado ou em linhas. Esse tecido, contudo, não é recomendado para pessoas alérgicas ou que tenham pets em casa, além de ser mais suscetível à absorção de líquidos, o que pode provocar manchas no sofá.

O couro sintético é mais resistente e impermeável. A desvantagem é que esse material absorve calor rapidamente, o que pode ser inadequado para dias quentes. Já o linho é ótimo para quem prioriza unir qualidade e beleza, sendo resistente, antialérgico e de fácil manutenção. É, entretanto, um tecido caro.

Para quem não tem um orçamento tão alto, a sarja pode ser uma boa opção. Para o tapete, aposte em algo confortável (especialmente se você gosta de caminhar descalço pela casa).

Cores

As cores são fundamentais para criar cada um dos ambientes de uma casa. Cores quentes (vermelho, laranja e amarelo) são recomendadas para conferir espontaneidade, energia e alegria a um recinto, enquanto que as cores frias (verde e azul) são ótimas para transmitir tranquilidade e sobriedade.

Antes de distribuir as cores pelos objetos, móveis e paredes, observe quais as sensações que te deixam mais confortável. Uma boa opção para quem gosta de destacar os itens decorativos é investir em cores contrastantes e combinações, tais como amarelo e roxo, laranja e azul, preto e branco, verde e vermelho.

Móveis adaptáveis

Esses móveis são ótimos e especialmente recomendáveis para quem gosta de um visual mais inovador e despojado na sala. Se o imóvel tiver mais de um andar, aposte em uma escada vazada, que possui espaços que podem abrigar livros, porta-retratos e objetos decorativos.

Outra opção são as mesas dobráveis, que podem ter seu tamanho duplicado. Há também: cama box com baú embutido, estante que funciona como bancada, mesa de centro com gavetas, sofá-cama, entre outros. Além de práticos e inovadores, esses móveis são ótimos para quem deseja economizar espaço no cômodo.

2 thoughts on “4 inspirações para valorizar a sala de jantar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *