Ministério da Economia e a regulamentação das apostas

Recentemente, o Secretário de Advocacia da Concorrência e Competitividade, Geanluca Lorenzon, junto a sua equipe se reuniram no Ministério da Economia com o diretor internacional do Betting & Gaming Council (BGC), Pierre Tournier, e outros representantes do órgão, com o intuito de discutir os avanços da provável regulamentação total das apostas esportivas no país. O diretor gerente Brasil do Betsson Group, André Gelfi, também foi convidado a participar do encontro, assim como outras figuras importantes do setor.

Primeiro de muitos

economia

Segundo André Gelfi, este foi um dos muitos encontros que estão por vir envolvendo os representantes do setor dos jogos e as autoridades responsáveis por promover a normatização da prática. O executivo ainda apontou que a reunião foi bastante produtiva, e que ele ficou bastante otimista com a visão pública apresentada pelos membros do Ministério da Economia que estão trabalhando na regulamentação das apostas esportivas.

“Me pareceram absolutamente comprometidos em concluir a regulamentação e licenciar os operadores no Brasil o quanto antes, dentro do prazo previsto em lei. Creio que o potencial de arrecadação das apostas na Copa do Mundo pesam neste sentido”, relatou o executivo à revista GMB.

Enquanto isso, durante a reunião, o diretor internacional da BGC, Pierre Tournier, apontou que a entidade está pronta para oferecer sua experiência e conhecimento em nível global sobre o assunto para o Ministério da Economia, colaborando assim na produção de um texto do decreto que preveja a regulamentação das apostas esportivas.

A BGC tem um histórico de ajudar diversos membros, buscando sempre elevar os padrões, desenvolvendo assim a cultura do jogo seguro e construindo uma confiança institucional e pública acerca dessa indústria. A BGC foi fundada em 2019, mas já representa pouco mais de 90% das operadoras de apostas de varejo, plataformas de apostas e jogos online, cassinos e operadores de bingo. Como prática adotada, o órgão tem como intuito pôr o cliente sempre em primeiro lugar, elevando os padrões acima dos solicitados em uma normatização, buscando sempre promover uma experiência de jogos e
apostas segura para todos e justa.

Existe uma grande expectativa de que a regulamentação total dos palpites em eventos esportivos seja aprovada antes do início da Copa do Mundo do Qatar. Isso porque a competição deve aumentar e muito a procura por plataformas de apostas esportivas grátis, que são extremamente populares no Brasil, já que aqui os usuários podem testar os serviços disponibilizados e até obter algum lucro antes de investir qualquer quantia para realizar seus palpites.

Secretário participará o BiS

O Brazilian iGaming Summit (BiS), maior evento relacionado ao iGaming do país, terá a participação especial na edição deste ano de Geanluca Lorenzon, o Secretário de Advocacia da Concorrência e Competitividade do Ministério da Economia. Geanluca apresentará a palestra “A Importância da Regulamentação das Apostas Esportivas para o Governo”, com isso, os principais interessados em explorar a indústria devem participar do painel.

Ao que tudo indica, a última minuta do decreto que regulamenta os palpites esportivos no país deve ser o assunto principal da apresentação do secretário, caso até o início do BiS o Presidente da República, Jair Bolsonaro, não tenha sancionado o decreto ou ele tenha sido alterado. Após a palestra de Geanluca, está prevista a apresentação de um painel que discutirá os principais pontos e aspectos jurídicos envolvendo a normatização das loterias e palpites esportivos no país, e acredita-se que o secretário participará da
exposição, caso sua agenda permita.

Segundo os organizadores do evento, que será realizado entre os dias 28 a 30 de junho, no Espaço Boulevard JK, em São Paulo, todos os espaços de exposição já foram vendidos. Eles ainda destacam que BiS será uma ótima oportunidade de realizar novos negócios e firmar novas parcerias, já que os principais nomes do setor estarão reunidos em um só lugar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.