Segurança digital no e-commerce: o que é essencial para proteger seu negócio

É fato que a tecnologia chegou para revolucionar o cotidiano, trazendo mais praticidade, e executar tarefas que antes não era possível executar, ou que demandava mais tempo. Em termos de consumo, a tecnologia também atingiu e mudou as formas de as pessoas consumirem produtos e serviços.

O e-commerce, também conhecido como comércio eletrônico, é um exemplo disso. Uma dúvida, porém, sempre rondou os clientes: é seguro comprar em e-commerce?

Essa questão pode ser uma das principais dúvidas dos seus clientes na hora de decidir pela compra na sua loja, e toca em um tema importantíssimo de segurança digital no e-commerce.

Segurança digital: como tornar o seu negócio um ambiente seguro

De acordo com uma pesquisa feita pela ClearSale, houve um aumento de mais de 20% nas tentativas de fraude em lojas de e-commerce em 2022, e é por isso que é extremamente importante focar na segurança da sua loja.

Basicamente, a segurança digital diz respeito à proteção das informações referentes ao seu negócio: tanto dados da pessoa jurídica quanto dados da pessoa física, além de proteger, também, os dados de seus clientes (sobretudo, dados de pagamento e pessoais).

É obrigação da loja estar de acordo com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), responsabilizando-se sobre as informações que são coletadas na sua loja virtual.

Como proteger os dados do seu negócio

Você precisa ter em mente, primeiro, que todos os sistemas podem sofrer tentativas de invasão, e o que importa é como o seu negócio está preparado para lidar com essa situação e impedir que ela aconteça.     

É essencial escolher uma plataforma que forneça segurança para a hospedagem das informações recebidas e enviadas pelo seu site; ativar o certificado SSL, que criptografa informações pessoais e bancárias, também é essencial.

Outro ponto importante é sempre verificar se há malwares (softwares maliciosos) rondando o seu e-commerce, usando antivírus confiáveis.

Estabelecer uma política de segurança e manter sempre um backup do seu site também pode ajudar muito na organização interna do seu negócio.

Além disso, é bom ter isso bem preparado para os casos em que houver muitos acessos ao site, como nas épocas de Natal e Black Friday, que costumam trazer muitas vendas e possibilitar a fidelização de clientes. É bom apostar em um bom servidor nestes casos, e manter uma equipe de tecnologia da informação e segurança digital capaz de monitorar o site.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.