10 dicas de gerenciamento de fluxo de caixa para expandir seus negócios

Existem poucas coisas mais importantes para o seu negócio do que o fluxo de caixa. Com um fluxo de caixa saudável, você pode pagar suas dívidas em dia, sustentar suas operações e expandir seus negócios. Sem ele, você pode ter grandes prejuízos se não souber realizar esse processo de forma perfeita.

Neste guia, você aprenderá como é uma boa gestão de fluxo de caixa e apresentaremos 10 de nossas estratégias favoritas para colocá-lo de volta no azul.

O que significa gerenciar o fluxo de caixa?

Para sabermos o que é fluxo de caixa, devemos levar em conta que a gestão do fluxo de caixa é um conjunto de práticas e estratégias para ajudá-lo a rastrear, analisar e melhorar as finanças de seu negócio. O objetivo do gerenciamento de fluxo de caixa é colocá-lo no “verde”, também conhecido como fluxo de caixa positivo, onde você tem mais dinheiro entrando do que saindo.

No comércio e na indústria, o dinheiro é rei. Gerenciar bem suas finanças é importante se você deseja manter seu negócio à tona, mas é ainda mais crucial se você tem planos de crescer e expandir sua marca. Além disso, ele pode ajudá-lo a prever e planejar faltas e superávits de caixa.

A gestão financeira bem-sucedida envolve o equilíbrio de três elementos: contas a receber (o que o cliente deve a você ), contas a pagar (o que você deve aos fornecedores) e déficits (a quantidade de dinheiro que você deve que excede os fundos disponíveis).

É fundamental que um elemento não ultrapasse os outros. Se seus clientes lhe devem muito, você não terá dinheiro suficiente entrando. Devendo muito a seus fornecedores significa que você terá muito dinheiro saindo. Qualquer um dos cenários resulta na mesma coisa: fluxo de caixa negativo.

Dicas para uma gestão eficaz do fluxo de caixa

Existem duas estratégias principais que melhoram o seu fluxo de caixa: aumentar a quantidade de dinheiro que entra e reduzir a quantidade de dinheiro que sai. Alguns empresários, quando têm problemas financeiros, recorrem ao cartão de crédito ou à abertura de uma linha de crédito, e você não precisa que lhe digamos que essa é uma péssima ideia! Aqui estão outras maneiras interessantes de as pequenas empresas promoverem uma situação financeira mais saudável.

Saiba quanto você precisa para atingir o equilíbrio financeiro

Antes de trabalhar para um fluxo de caixa positivo, você precisa saber quanto precisa ganhar para simplesmente empatar. Se você ultrapassar o ponto de equilíbrio, estará fazendo algo certo. Se você falhar (consistentemente), há um problema que precisa ser resolvido.

Tenha uma reserva de dinheiro de emergência

Da mesma forma que as pessoas deveriam ter fundos de emergência, as empresas deveriam sempre ter reservas de caixa para emergências. Isso permite alguma flexibilidade e segurança durante crises econômicas. Uma boa regra é ter o suficiente para cobrir pelo menos de  três a seis meses de despesas.

Definir prazos e pagamentos

É fundamental estabelecer condições de pagamento muito claras, por escrito, antes de contratar um novo cliente ou fornecedor. Certifique-se de definir quando os pagamentos de faturas são esperados, seja imediatamente após a fatura ou em 15, 30 ou 60 dias. 

Para projetos com muitos recursos, recomendamos que você peça um depósito inicial para que tenha algum dinheiro para cobrir as despesas necessárias. Em seguida, peça o restante do pagamento ao atingir certos marcos ou resultados.

Incentive o pagamento antecipado

Um IOU de um cliente é virtualmente o mesmo que não ter dinheiro. Incentive seus clientes a pagar antecipadamente, o que irá beneficiá-lo financeiramente, oferecendo ofertas especiais ou descontos se eles pagarem antecipadamente. 

Coloque o fluxo de caixa sobre o lucro

A maioria das pessoas pensa que o segredo do sucesso empresarial é lucro, lucro, lucro. Mas, na verdade, é tudo sobre como você gerencia seu fluxo de caixa. Sempre verifique seus ganhos em relação ao seu ponto de equilíbrio. Se você está ganhando mais do que isso, mas o dinheiro ainda parece apertado, provavelmente você tem um problema com suas contas a pagar, contas a receber ou déficits.

Alguém responsável para monitorar seu fluxo de caixa

Manter o controle de seu fluxo de caixa é uma parte importante da propriedade de um negócio, mas não deve ser a única coisa em que você se concentra. Peça a um funcionário de confiança (ou seu contador) para cuidar do monitoramento do fluxo de caixa para você apenas certifique-se de estar sempre atualizado com os números, especialmente se você estiver indo muito além ou abaixo do seu ponto de equilíbrio.

Utilizar planilhas

Décadas atrás, você tinha que registrar tediosamente todas as transações manualmente para monitorar seu fluxo de caixa. Hoje, você tem a vantagem da tecnologia, então use-a! Armazene suas planilhas na nuvem para fácil acesso ou, melhor ainda, use um software de contabilidade para manter o controle de seu fluxo de caixa.

Aumente as vendas com incentivos e promoções

As promoções são uma ótima maneira de impulsionar as vendas de forma rápida e eficaz. Você pode realizar um concurso, iniciar um programa de referência e fidelidade do cliente ou uma publicidade por meio de postagem estratégica na mídia social.

Você também pode usar incentivos para controlar o fluxo de trabalho. Se você está conseguindo mais clientes do que pode atender, não precisa recusar empregos,  ofereça um desconto se o cliente estiver disposto a adiar o trabalho. Isso não apenas o ajuda a lidar com vários projetos sem esgotar seus recursos, mas também garante que você terá um fluxo constante de dinheiro nos próximos meses. 

Reduza as despesas

Embora trazer mais dinheiro seja sempre uma boa estratégia de gerenciamento de fluxo de caixa, a redução de custos pode alcançar resultados semelhantes de uma maneira diferente.

Se você tiver pagamentos futuros, veja se pode negociar uma prorrogação. Atrase o máximo possível, mas mesmo apenas algumas semanas ou mesmo dias pode impactar significativamente seu fluxo de caixa. 

Limpe seu inventário

Limpar seu estoque pode realmente ajudar a iniciar um fluxo de caixa saudável. Tente empregar vendas com desconto e promoções planejadas para comercializar os produtos o mais rápido possível.

Conclusão

Nem todas essas estratégias funcionam para todos os negócios, portanto, escolha aquela que fizer mais sentido para sua marca. E não tenha medo de combinar várias abordagens, o que for necessário para acelerar seu fluxo de caixa. Faça isso com sucesso e sua empresa poderá sobreviver e prosperar mesmo em tempos de instabilidade financeira.

One thought on “10 dicas de gerenciamento de fluxo de caixa para expandir seus negócios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *