Espelhos: veja como adicionar aos cômodos

Saiba um pouco mais sobre esse item que vai além da vaidade.

Unanimidade no quesito decoração de ambientes, os espelhos são peças que ultrapassam a simples vaidade de poder se ver. Isso porque eles trazem mais amplitude, profundidade e melhoram a iluminação de qualquer espaço em uma casa.

Os espelhos podem ser usados como peça única, com ou sem moldura e ainda aplicados a uma mobília funcional, a exemplo de móveis como penteadeiras e guarda-roupas.

Hoje você conhecerá um pouco mais sobre as funcionalidades dos espelhos e como eles podem renovar diferentes ambientes.

Espelho, espelho meu
Foi-se o tempo em que espelhos se resumiam a itens de beleza. Cada vez mais essas peças são objetos elementares para uma boa proposta de decoração, que vai do hall de entrada ao banheiro — praticamente o único lugar onde eram encontrados dentro de uma casa ou apartamento.

Um de seus maiores benefícios é a sensação de amplitude, que faz com que os ambientes pareçam maiores do que realmente são — algo bem interessante em lugares pequenos. Os modelos verticais aumentam a altura, enquanto os horizontais maximizam a largura.

Por outro lado, é preciso considerar o que está sendo refletido. De nada vale colocar um espelho grandioso na sala de estar se ele está voltado para uma porta ou coluna. Por isso, considere sempre o reflexo antes de posicionar um espelho. Voltá-lo para as janelas é um bom exemplo do que fazer.
Banheiro
É impossível ter um banheiro sem um espelho. Pode ser o banheiro da suíte ou mesmo o lavabo, qualquer um exige a presença desse item. Modelos menores podem ser usados com moldura e em formatos variados, como redondo, retangular ou quadrado.

Para quem deseja acrescentar mais amplitude ao espaço, vale investir em modelos maiores que reflitam o corpo inteiro ou, ainda, aplicar peças de espelho nos armários do banheiro.

Quarto

Outro ambiente que não dispensa a presença do espelho é o quarto, afinal, como se arrumar direito sem poder se ver? O mais indicado, portanto, é ter um modelo de corpo inteiro. Você ainda pode optar por usar o espelho de maneira mais decorativa ou utilitária, usando-o aplicado à cabeceira da cama ou ainda nas portas do guarda-roupa.
Sala de estar e de jantar
Para dar um ar a mais de elegância, os espelhos são um ótimo investimento decorativo em uma sala de jantar e/ou de estar. Se a ideia é ampliar o cômodo, o melhor é optar por um modelo retangular e largo que consiga fechar uma parte da parede. Outra dica é colocar o espelho virado de frente para a janela, de modo que a luz natural — seja da manhã ou da tarde — seja refletida.

Corredor

Local de passagem e de interligação dos cômodos, o corredor é outro ambiente que pode ser acrescido de espelhos. Para dar mais amplitude a esses espaços, que são naturalmente mais estreitos, vale a pena revestir a parede do fundo com uma peça inteiriça. Outra possibilidade é aplicar os espelhos nas paredes laterais, de modo que a iluminação seja um pouco mais reforçada.

Hall de entrada

Sabe aquela última conferida que a gente dá antes de sair de casa? Com um espelho no hall de entrada isso fica bem mais fácil. Uma sugestão diferenciada é aplicá-lo na parte interna da porta, de modo que você possa se ver, de corpo inteiro, quando estiver saindo.

É possível, ainda, colocar um modelo menor em um formato marcante, como o oval ou circular, com uma moldura diferenciada, em tons mais vibrantes ou neutros, de acordo com o estilo do ambiente.