O que torna uma ração natural para cachorros?

Uma alimentação saudável preza pela inclusão de alimentos frescos e nutricionalmente equilibrados. Quanto mais natural for a dieta, melhor é para a saúde e o bem-estar de pessoas e também de animais.

É por isso que muitos tutores priorizam ração com minerais e vitaminas naturais, que são produzidas seguindo critérios rígidos de qualidade e segurança alimentar. Mas, você sabe o que diferencia uma ração convencional da natural? Continue com a leitura que te contamos a seguir.

Os ingredientes

Para receber o rótulo como natural, a ração não pode levar ingredientes transgênicos (que são aqueles alterados geneticamente para ter melhor desempenho no campo), nem corantes, saborizantes, aromatizantes e conservantes artificiais.

Esse tipo de produto também é mais rico em proteínas de origem animal, frutas, vegetais e cereais integrais, como trigo, aveia, cevada e arroz integral. A ração deve ser uma opção bastante nutritiva para garantir a boa saúde e disposição de cães e gatos.

Uma das principais formas de checar se o produto oferecido está suprindo essas necessidades é avaliar a pelagem e o comportamento do pet.

Pelos brilhantes, vistosos e macios são indicativos que a nutrição está adequada. Queda excessiva, pelagem opaca e quebradiça demonstram que é preciso rever a nutrição do seu amigo.

Cães e gatos bem alimentados também têm energia de sobra para brincar, passear e interagir com os tutores. Se o pet anda apático e sem disposição, pode ser que a ração não esteja adequada ao seu porte e às suas necessidades fisiológicas.

As fezes também demonstram se a ração é boa para o animal, uma vez que os pets que consomem esse tipo de alimento tendem a fazer cocô mais seco e compacto.

As marcas e gêneros

A ração, em especial a seca, é uma opção prática e conveniente de alimentar o seu animal de estimação. Além de suprir todas as suas necessidades nutricionais, o produto ainda possui fibras que ajudam no trato intestinal e na limpeza dental.

Outro ponto positivo é a praticidade: a ração está sempre pronta para ser oferecida e consumida, dispensando o preparo de comidas.

Mas é essencial ficar de olho no que diz o rótulo do alimento para garantir que o pet esteja consumindo realmente um bom produto. Os tutores que optam por ração natural encontram algumas marcas de confiança no mercado, como a Guabi Natural e a Biofresh, que são ricas em frutas, verduras e vegetais frescos.

Dependendo do estado de saúde e do momento que o pet está vivendo, a alimentação natural pode ajudar na sua qualidade de vida. Cães e gatos obesos, diabéticos, convalescentes, gestantes e idosos precisam de atenção especial com a sua dieta diária e uma ração natural pode ser indicada a eles.

A ração pode ser encontrada em classificações diferentes também, como comum, premium, super premium, light, sênior, etc, sendo bons indicativos para os tutores.

Também é possível encontrar o produto com indicação para diferentes portes. Essa divisão é importante porque o aporte nutricional para um pet de pequeno porte é diferente daquele requerido por um de grande.

Oferta e aceitação

Para fazer a transição da ração convencional para a natural, o tutor precisa de um pouco de paciência, uma vez que o novo produto deve ser oferecido gradativamente ao animal.

A mudança deve ocorrer aos poucos para que seja bem aceita pelo seu amigo e também para que o tutor possa notar qual é a preferência do pet e se o produto causa alguma alteração no seu intestino, por exemplo.

O médico-veterinário também pode ser consultado para orientar a melhor forma de fazer essa transição — ou introdução —, além de orientar sobre marcas, ingredientes e sanar dúvidas dos tutores.

One thought on “O que torna uma ração natural para cachorros?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *