O papel da logística no comércio exterior

Isabelle C.
6 min de leitura
exterior

A logística é um conceito bastante presente na rotina das empresas. Na prática, ela pode ser definida como um conjunto de estratégias aplicadas para garantir a entrega de produtos dentro de parâmetros e prazos pré-definidos. Com base nesse conceito, fica mais fácil compreender a sua relação com o comércio exterior.

Mas antes de explicarmos porque a logística tem tudo a ver com comércio exterior, vamos ajudá-lo a entender melhor as características e a aplicabilidade no dia a dia das organizações empresariais.

Por dentro do conceito de logística

Você faz compra de produtos online? Já parou para pensar na operação que é realizada desde o momento em que você faz o pagamento até a chegada da mercadoria na porta da sua casa?

Há uma série de processos e pessoas envolvidas em diferentes etapas antes da saída da mercadoria do centro de distribuição até o momento em que ela é entregue ao consumidor.

Quando a compra envolve um fornecedor localizado fora do país, esse processo é ainda mais complexo, já que existem questões legais e alfandegárias que precisam ser consideradas.

Nesse contexto, o planejamento logístico é uma etapa na qual a empresa responsável pela venda organiza, planeja e estabelece todas as ações necessárias para que o produto chegue ao seu destino.

Assim, a expressão “logística” se refere a todo o processo de gestão de entrega de produtos. É importante saber que ela não se limita ao transporte, já que inclui processos de coordenação interna (anterior à saída das mercadorias), como, por exemplo, o gerenciamento de custos e da equipe responsável pelo pedido, a avaliação de disponibilidade de insumos e capacidade produtiva.

Portanto, a área contempla os movimentos da empresa desde a compra de materiais até a entrega dos produtos, gerenciando prazos e garantindo qualidade na entrega das mercadorias aos clientes finais.

Como vimos, a logística é um setor que costuma estar presente dentro das empresas, sendo responsável pelo planejamento e pela execução de atividades relacionadas à entrega dos produtos e serviços para os clientes.

Portanto, suas atividades vão além do transporte, englobando o planejamento e gerenciamento da cadeia de suprimentos, o manuseio, o transporte, o armazenamento e a distribuição das mercadorias.

O trabalho pode estar concentrado em uma microrregião, em todo território nacional, e, ainda, expandir-se para território estrangeiro. É justamente quando falamos em expansão internacional que entra a atuação da área de comércio exterior.

Relação entre logística e comércio exterior

Independentemente do tamanho da empresa ou do segmento em que ela atua, a gestão de insumos e materiais costuma ser uma etapa fundamental nos processos.

Para empresas que vendem e/ou compram de outros países, a preocupação com a logística deve ser redobrada, já que faz toda a diferença na qualidade e precisão das entregas.

Assim, sempre que houver uma operação que envolva a entrega de produtos para fora do país, haverá necessidade de um planejamento logístico que garanta a eficiência e agilidade dos processos.

Principais desafios da logística

Sem dúvida, um dos grandes desafios enfrentados pelos profissionais de logística está associado ao transporte das mercadorias.

Além dos altos encargos de transporte, os custos com portos e aeroportos são sinônimo de preocupação para quem atua com comércio exterior.

Na movimentação de cargas em território nacional, os principais problemas enfrentados estão relacionados com a baixa qualidade da malha rodoviária e a necessidade de uso de caminhões (já que o transporte por trem é pouco explorado).

Embora o transporte por caminhão seja um dos mais utilizados e tenha um bom grau de eficiência, ele é considerado de alto custo e tem também uma taxa de risco elevado.

No planejamento de logística, a especificidade de algumas cargas também pode ser desafiadora. Operações que envolvem o transporte de mercadorias refrigeradas são um exemplo.

O setor de logística precisa levar em consideração as particularidades e demandas de cada operação, buscando meios de tornar o processo mais barato, sem perder a eficiência e garantindo o cumprimento dos prazos de entrega acordados com os clientes.

Otimizando processos e agregando valor

Seja em território nacional, seja em operações de comércio exterior, o papel desempenhado pelos profissionais que atuam nessa área é essencial para garantir uma entrega alinhada com as expectativas do cliente. A logística atua em diferentes etapas operacionais, incluindo:

  • escolha da modalidade de transporte;
  • organização dos documentos necessários para o transporte;
  • verificação do pagamento de taxas, despesas e tributos relacionados à operação;
  • obtenção das licenças e despacho aduaneiro;
  • contratação de seguro de transporte de cargas; e,
  • monitoramento da movimentação das mercadorias.

Com padronização dos processos, conhecimento sobre o mercado e planejamento é possível atingir ótimos resultados logísticos, tanto em negociações nacionais quanto nas operações de comércio exterior.

Compartilhe este artigo
Jornalista, redatora e copywrite. Gosto de escrever, publicar artigos sobre os diversos assuntos.
Deixe um comentário