calcinha absorvente

Como lavar uma calcinha absorvente?

Há alguns anos, as calcinhas absorventes chegaram ao mercado brasileiro. O objetivo de quem busca por esse produto é substituir os coletores menstruais e o absorvente tradicional, seja externo ou interno.

Essas calcinhas possuem um forro com uma média de três camadas de tecido, capazes de absorver o fluxo menstrual e manter a pele seca, podendo ser interessantes para quem possui fluxo menstrual mais intenso ou leve.

Como quaisquer outras roupas e produtos de saúde íntima, é preciso ter cuidados com a calcinha. Se você já tem uma ou pensa em adquirir, veja algumas dicas para lavá-la corretamente e fazê-la durar por mais tempo.

Escolher os produtos

Uma das grandes vantagens das calcinhas absorventes é a durabilidade e o fato de elas serem reutilizáveis, o que é ótimo não só para o bolso, mas também para o meio ambiente, já que uma única pessoa consome mais de 10 mil absorventes descartáveis durante a vida.

Contudo, é preciso ter cuidado na hora de lavá-las para não danificar o forro. Por isso, durante a lavagem, não é recomendado aplicar alvejantes, amaciantes nem qualquer produto que contenha cloro.

Deixar de molho

Uma dica simples, que facilita e agiliza muito a lavagem das calcinhas absorventes, é deixá-las de molho, em um balde com água e sabão neutro, por pelo menos 20 minutos antes de lavá-las. Se o sabão for biodegradável, será melhor ainda.

Com o passar do tempo, você vai ver que o sangue começa a descer lentamente e depositar-se no fundo do balde. É justamente esse processo que facilita a lavagem.

Lavar

Passado esse tempo, você pode terminar a lavagem na pia, no banho ou na máquina de lavar roupa. Se você optar pela última opção, lembre-se de colocar a calcinha em um saquinho para separá-la das outras roupas, preservando o tamanho e o formato da peça.

Por fim, selecione o modo de lavagem para roupas delicadas. Se não houver um saquinho, ponha a calcinha em uma fronha e amarre a ponta. Após lavar o item, não o torça nem o estique, pois isso pode danificar as fibras do tecido e as camadas absorventes.

O melhor é apenas juntar o tecido e apertá-lo. Se notar que sai sangue ao fazer esse movimento, enxague de novo e continue apertando até que a água saia limpa, indicando que o fluxo foi removido. Outro cuidado importante é a temperatura da água: prefira que ela esteja fria ou inferior a 30ºC.

Secar

Como qualquer roupa, você pode estender as calcinhas absorventes no varal tranquilamente. Inclusive, a luz solar é ótima, pois age como um desinfetante natural, matando micro-organismos como bactérias. De preferência, estenda a calcinha ao sol, deixando o forro com as camadas absorventes para a luz. Isso faz a peça secar mais rápido e ajuda a preservar a cor do tecido.

Se a lavagem das calcinhas absorventes seguem regras que podem ser aplicadas em outras roupas, o mesmo não ocorre sobre a secagem. Não é recomendado passar essas peças com ferro ou colocá-las em uma secadora, pois isso pode danificar o tecido, sobretudo as camadas absorventes do forro.

Em dias chuvosos ou mais úmidos, uma maneira de agilizar a secagem é usar secador de cabelo em uma voltagem mínima, bastando realizar movimentos circulares, tomando cuidado para manter uma boa distância entre a calcinha e o aparelho. Essa dica é recomendada em casos de urgência e não deve se tornar um hábito.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *