Recife: 4 locais que você não pode perder na Veneza brasileira

Para quem gosta de vida cultural agitada, lugares históricos e belas paisagens naturais, Recife é o destino certo

A capital pernambucana é uma das cidades mais antigas do país, com nada menos que 482 anos. Além de ter praias memoráveis, a cidade possui uma história marcante que pode ser conferida em monumentos, arquitetura e construções de séculos de existência.

A capital não apenas reúne locais históricos e tem vida cultural diversa, mas  também é um destino estratégico para quem deseja conhecer pontos turísticos famosos por sua natureza exuberante, como Porto de Galinhas, Olinda e Fernando de Noronha.

Por isso, antes de comprar sua passagem de Ônibus para Recife, confira algumas dicas de lugares imperdíveis para visitar e conhecer mais sobre o espírito da capital pernambucana.

Recife antigo

Um dos bairros mais antigos da cidade. Ao caminhar nas ruas de paralelepípedo dessa área, é como se o visitante fizesse uma viagem no tempo e entrasse em contato com as ruas e a arquitetura dos séculos anteriores.

Comece pela Praça do Marco Zero, que sedia alguns dos melhores shows do carnaval de Recife. No local, a vista é para o Parque das Esculturas Francisco Brennand. Nas proximidades da praça, estão a Caixa Cultural Recife e o Centro de Artesanato de Pernambuco.

Próximo ao Marco Zero, existe a Rua do Bom Jesus, onde é possível visitar a Embaixada de Pernambuco dos Bonecos Gigantes de Olinda e a Sinagoga Kahal Zur Israel. Aos domingos, a rua sedia uma tradicional feira de rua que oferece artesanatos e comidas típicas.

Ali perto está o Paço do Frevo, um centro cultural que conta a história de um dos ritmos mais pernambucanos de todos. Outro espaço cultural imprescindível para visitar é o Cais do Sertão, que homenageia Luiz Gonzaga, uma das inúmeras personalidades brasileiras nascidas em Pernambuco. O Recife Antigo ainda possui diversos bares e restaurantes excelentes para conhecer um pouco da vida noturna da cidade.

Mercado de São José

Os mercados de rua são espaços importantes para conhecer vários elementos de um lugar, como gastronomia, linguagem e formas de artesanato. Este mercado é um dos mais famosos da cidade e reúne turistas de todos os tipos.

No Mercado de São José é possível comprar o melhor queijo coalho da cidade. Com aspecto furado, ele derrete na frigideira e é ótimo para um bom café da manhã. Para quem gosta de artesanato, várias lojas oferecem toalhas bordadas à mão, peças raras que valorizam a cultura local.

Oficina Cerâmica Francisco Brennand

Imperdível para quem gosta de exposições em espaços abertos e com arquitetura marcante. A oficina está instalada nas ruínas de uma antiga olaria e reúne inúmeras obras do artista, de quadros a esculturas. O trabalho de Brennand também pode ser encontrado em vários lugares do Recife.

Além das obras, outro fator de destaque da oficina é a natureza que a circunda. Este local está mais afastado de pontos turísticos, mas vale a visita. É importante não confundir essa oficina com o Instituto Ricardo Brennand, pertencente ao irmão de Francisco, que possui exposições de outros tipos de arte.

Passeio de barco

O rio Capibaribe foi imortalizado pelo escritor João Cabral de Melo Neto e inspira poesia na capital pernambucana. Além de caminhar por suas beiradas, é possível realizar um passeio de catamarã e conhecer as paisagens locais. Quando o barco passa embaixo de determinados pontos, a tradição é que os visitantes aplaudam e façam um pedido.

Para quem gosta de natureza, vale curtir a orla da Praia de Boa Viagem – passeio que exige atenção dos visitantes devido aos tubarões que rodeiam a área. Se sobrar tempo, vale ir até Olinda, município vizinho e com paisagens impressionantes que incluem belezas naturais, arquitetura histórica e atividades culturais incríveis.

One thought on “Recife: 4 locais que você não pode perder na Veneza brasileira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *