Você sabe lavar corretamente sua calcinha? Descubra aqui

Confira três passos para fazer a higienização correta e não danificar as peças durante o processo

A saúde íntima envolve diversos cuidados que vão desde a higienização dos órgãos genitais até a lavagem correta de calcinhas e cuecas. Entretanto, muitas pessoas negligenciam a limpeza dessas peças, o que pode contribuir para o surgimento de doenças, como a candidíase de repetição.

A boa notícia é que os cuidados com a lingerie são simples e práticos, basta estar atento a alguns detalhes que fazem toda a diferença nesse processo. A seguir, confira as principais dicas relacionadas ao uso e à higienização de calcinhas.

Lingeries não devem ser compartilhadas

A primeira orientação é em relação ao uso. Lingeries são peças íntimas e não devem ser divididas, porque estão em contato direto com uma região íntima do corpo que pode conter fungos e outras bactérias. Por isso, compartilhar uma calcinha não é uma boa ideia.

Entretanto, imprevistos podem acontecer. Dormir fora de casa sem levar uma calcinha extra ou calcular errado o número de peças para uma viagem são alguns exemplos. Nesses casos, opte por um protetor diário ou lave a calcinha antes de dormir para que ela esteja seca na manhã seguinte. 

Dicas para lavar calcinha corretamente

As calcinhas não devem ser reutilizadas e uma maneira de mantê-las sempre limpas é lavando logo após o uso. Por uma questão de praticidade, muitas mulheres optam por fazer isso durante o banho e não há problema algum nisso, desde que elas sequem em outro ambiente. Confira um passo a passo com todas as dicas.

Passo 1: lavar

As lingeries podem ser lavadas no banho, na máquina de lavar ou no tanque. Independentemente do processo escolhido, é importante que essa lavagem seja leve, para não danificar a peça.

Sabão de coco ou neutro são as melhores opções para lavar as calcinhas. Isso porque amaciantes e outros tipos de sabão contém diversos químicos que podem gerar reações alérgicas na pele. Lembre-se de esfregar, especialmente, o forro da peça, que costuma absorver corrimentos e outras secreções.

Passo 2: secar

Depois de lavar a calcinha, ela precisa secar. É nessa etapa que os principais erros acontecem. Por exemplo: muitas mulheres lavam as lingeries no banho e as penduram no box. No entanto, esse ambiente é inadequado, pois a umidade do local estimula a proliferação de bactérias.

Por isso, as calcinhas devem ser estendidas em um local arejado, como a área de serviço ou o quintal. Inclusive, se houver sol, melhor ainda, porque ele consegue matar os micro-organismos que podem ter permanecido no tecido. Portanto, evite locais úmidos, com pouco sol e pouco vento.

Passo 3: passar e guardar

Passar as calcinhas não é obrigatório, mas é bastante indicado para quem sofre com candidíase de repetição ou outros problemas íntimos. Além disso, é uma boa estratégia para quando a peça está úmida ou não secou ao sol por causa do clima. Depois disso, basta dobrar as calcinhas e guardá-las no armário para serem reutilizadas.

Importância do tecido e da etiqueta

O tecido da calcinha tem papel fundamental para a manutenção da saúde íntima. Por isso, indica-se que as peças sejam feitas de fibras naturais, como algodão, ou microfibras, como a poliamida.

Desse modo, o tecido contribui para a respirabilidade, evitando que a região fique abafada e contribua para a proliferação de micro-organismos. Além disso, o tecido é responsável por absorver diversos fluídos corporais, como corrimento, suor e outras secreções. Assim, você não fica com a sensação de umidade ao longo do dia.

Vale ressaltar, também, que cada tecido possui suas particularidades. Por isso, é importante analisar a etiqueta da lingerie e conferir as instruções. Algumas peças delicadas não devem ser lavadas na máquina, por exemplo. Além disso, algumas fibras não devem entrar em contato com o ferro de passar em alta temperatura.

Seguindo essas dicas, você garante a higienização correta das peças e ainda aumenta a sua durabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *